• setembro 26, 2021

Gabriela Muniz brilha no Brasileiro Sub-20

A brasiliense Gabriela de Souza Muniz (CASO) confirmou o seu amplo favoritismo nos 10.000 m marcha atlética do Campeonato Brasileiro Prevent Senior Sports de Atletismo Sub-20, no Centro Nacional de Desenvolvimento do Atletismo (CNDA), na cidade de Bragança Paulista (SP).

Aos 18 anos – completa 19 no dia 12 de junho -, ela conquistou o tricampeonato da competição, com direito a recorde do torneio, recorde brasileiro e ratificação dos índices para o Mundial de Nairóbi, no Quênia, de 17 a 22 de agosto, e do Pan-Americano de Santiago, no Chile, de 22 a 24 de outubro – ambos na categoria sub-20.

Ela completou as 25 voltas na pista em 47:20:89. O recorde do Campeonato era dela mesma, com 50:38:30, desde 2019. Já o recorde brasileiro, Gabriela havia batido em abril, com 47.33.5.

A atleta, companheira de treinos de Caio Bonfim, medalha de bronze nos 20 km no Mundial de Londres-2017, em Sobradinho (DF), ficou muito feliz com o resultado e com a sua evolução na modalidade. “Senti um pouco o clima seco em Bragança Paulista e não estou acostumada a competir à tarde. Mas fiquei feliz com a marca. Em outras condições, poderia ter alcançado um tempo ainda melhor”, comentou.

Campeã da Copa Pan-Americana Sub-20 no dia 7 de maio, em Guayaquil, no Equador, a atleta tem novos desafios pela frente. Além de querer fechar com chave-de-ouro a categoria este ano, ela sonha em conseguir o índice para representar o Brasil nos Jogos Olímpicos de Tóquio. “Não é a minha prioridade, mas um desejo forte. Se tiver a oportunidade, vou tentar minha qualificação nos 20 km”, disse, referindo-se à marca exigida de 1:31:00.

Treinada por Gianetti Bonfim e João Sena, pais de Caio Bonfim, Gabriela tem a expectativa de poder competir no tradicional GP de La Coruña, na Espanha, em junho. “Estamos fazendo de tudo para viabilizar a viagem do Caio e, se for autorizada, a Gabi vai também”, revelou Gianetti. “Lá o clima é excelente, muito propício a obtenção de grandes marcas, além de sempre reunir atletas de alto nível.”

João Sena está se movimentando nos bastidores. Pediu ajuda para a CBAt, o Comitê Olímpico do Brasil, a Embaixada da Espanha e o Ministério de Relações Exteriores para contornar as restrições que os brasileiros tem enfrentado para entrar na Europa em função da pandemia.

Fonte: https://cbat.org.br/novo/competicoes/brasileiro_sub20/2021/noticia.php?&id=29688

0 Avaliações

Escreva a avaliação

casoatletismo

Ler anterior

Vinicius Galeno surpreende no Brasileiro Sub-20

Read Next

Elianay Barbosa é eleita para a Comissão de Atletas da CBAt

Deixe sua resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *