• outubro 19, 2021

Com recorde brasileiro, Gabriela Muniz vence 10 Km da Copa Brasil

Gabriela de Souza Muniz (CASO) venceu os 10 km da Copa Brasil de Marcha Atlética na categoria sub-20 com 48.41, novo recorde brasileiro, neste domingo (14/3), no estacionamento do Bragança Garden Shopping, em Bragança Paulista (SP). Gabriela melhorou a sua própria marca de 49.23, que havia sido obtida em La Coruña, Espanha, com 49.23 (em 8/6/2019). Com a marca também ratificou o índice (50.30) para o Mundial Sub-20 de Atletismo de Nairóbi, no Quênia, de 17 a 20 de agosto.

A competição abriu o calendário nacional de competições de 2021. Além de Gabriela, o pódio teve também Gabrielly Cristina dos Santos (PM Colombo), com 54.03, e Bruna Batista de Oliveira (AABLU), com 56.36.

 “A Gabi está pronta para fazer o índice para a Olimpíada de Tóquio, mas a gente precisa de competição. Se essa vacina não chegar até a gente, o que vamos fazer? Precisamos sair, mas as fronteiras estão fechadas para o Brasil e a gente está sendo prejudicado porque não pode sair para competir”, afirmou Gianetti Sena Bonfim, treinadora da atleta e de Caio Bonfim. “Ela já faz 48 minutos, indo para a Europa principalmente, para competições em que mais adversários marcham no mesmo ritmo que ela e com melhor clima também – está muito quente aqui – ela tem condições de ir para Tóquio e o CASO teria dois atletas.”

“A prova foi muito boa, gostei do percurso, mas estava muito quente. Apesar disso, consegui bater o recorde e achei muito bom”, disse Gabriela que já esperava melhorar sua marca pela boa base e os treinamentos que está fazendo. “Eu estou muito forte nos treinamentos e nos testes eu conseguia ter a ideia de que estava pronta para melhorar minha marca. Agora é voltar para casa, continuar os trabalhos e melhorar mais ainda”, completou a atleta, que aos 18 anos conquistou o quinto título da Copa Brasil. Desde o ano passado, ela já disputa prova de 20 km.

Rubens Dantas de Barros (CASO) venceu os 10 km da categoria sub-20 com 46.40, compondo o pódio com Heron Rodrigues Miranda (Balneário Camboriú), com 48.59, e Edson Erico Alves de Aguiar (Atletas com Futuro), com 49.34. “A prova foi sofrida, fiz o primeiro quilômetro no ritmo em que estou treinando, mas o clima me atrapalhou. Senti calor e dor no glúteo que me atrapalharam. Não foi o meu melhor resultado, mas consegui fazer um bom tempo e agora é treinar para a Copa Pan-Americana para fazer o índice para o Mundial de Nairóbi.”

Nos 10 km sub-18 masculino a vitória ficou com Micael Reichert Fernandes (AABLU), com 54.24, com Kauã Lucas Gasparin (PM Colombo), com 55.14, em segundo, e João Victor Silva Magalhães (CAS), com 55.27, em terceiro. “No início foi uma prova tensa, larguei entre os últimos, mas fiz o ritmo que o meu treinador, Ivo da Silva, mandou e fui de pouco em pouco recuperando e indo para as primeiras posições e preocupado com a técnica porque vi atletas tomando advertências. E lembrei de todas as pessoas que me apoiam, do clube que teve gasto para me trazer até aqui, da minha família, de pessoas que torciam por mim. E tive forças para terminar a prova inteiro”, disse Micael que começou na escola, em Blumenau.

Thaliane Miranda da Cruz (PM Colombo) venceu os 5 km sub-18 com 29.10. Fernanda da Silva Santos (Sport Club do Recife) ficou com a medalha de prata (30.40) e Gabrielly Pereira Neves (CASO), com 31.57, com a da bronze. “Foi uma prova bem sofrida, bem dolorida porque tive uma lesão no quadril há pouco tempo e não consegui superar. Foi bem difícil marchar, mas fiquei feliz com a vitória”, disse Thaliane, que nasceu em Colombo, cidade com tradição na marcha.

Os vencedores da categoria sub-16, são de Cerro Corá, cidade do Rio Grande do Norte. Hawan de Oliveira Rodrigues (AERO) venceu os 5 km, com 28.24, e Josefa Raiane da Silva Costa (AERO) ganhou os 3 km, com 14.42. “Eu e ele começamos a treinar e no começo éramos só nós. Mas a moçada começou a ver a gente treinando e se animou e hoje já tem mais gente na prova”, disse Josefa. Nicole do Livramento Pereira (CASO) foi segunda nos 3 km, com 18.56, e Marina Marques Ferreira (CASO) a terceira, com 19.03. Daniel Pereira Bernardo (CASO) foi segundo colocado nos 5 km com 30.56.

Resultados completos no link: http://cbat.org.br/novo/competicoes/copa_marcha/2021/resultados.php

Fonte: http://cbat.org.br/novo/competicoes/copa_marcha/2021/noticia.php?&id=27513

 

0 Avaliações

Escreva a avaliação

casoatletismo

Ler anterior

Caio Bonfim é atração da Copa Brasil

Read Next

COPA BRASIL – Caio Bonfim obtém o 10º título seguido

Deixe sua resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *